Colunista

A ÚLTIMA LEGIÃO OCIDENTAL

Ocorre em todo Ocidente, de forma pública e notória, o levante de líderes de Direita e Conservadores, na política local e mundial, para defender a civilização ocidental dos três poderes globalistas em ação para implantar a Nova Ordem Mundial.
Na Europa nomes como: Theresa May , Jayda Fransen, Le Pen, Geert Wilders, Sebastian Kurz, Beata Szydlo, Mateusz Morawiecki, Matteo Salvini, Gábor Vona, Jussi Hall-aho, Boyko Borissov, representam a resistência na defesa da nossa civilização, bem como as três colunas que constituíram o Ocidente, seus princípios e valores morais, na política, educação, cultura e moral: a Fé Cristã, a Filosofia Grega e o Direito Romano.
Na América, o maior líder conservador chama-se Donald J. Trump, o atual Presidente da maior potência mundial, que está incomodando todo o esquema globalista, por suas posições na defesa da soberania de seu país, das famílias, da vida, bem como sua resistência ao projeto globalista do Islã e sua estratégia imigratória.
Trump, tem defendido as liberdades o qual o EUA foi fundado, bem como consta em sua Constituição. Para isso, Trump, não mede esforços, tem a todo momento, trabalhado para proteger e conservar a civilização ocidental, mesmo, às vezes, sendo uma voz sozinha, mas ecoante em todo o planeta e com força de uma legião.
O Atual Presidente Norte-Americano, tem expressado com ênfase contra as tiranias comunistas que estão, ainda, de pé, tanto na América Latina, como na Ásia.
Seu maior feito, em menos de um ano de governo, foi reconhecer Jerusalém como a Capital de Israel, dentre outros inúmeros feitos em seu país.
Na América Latina, temos na Argentina: Mauricio Macrin, na Colômbia: Álvaro Uribe, Honduras: Juan Orlando Hernández e no Brasil: Jair Bolsonaro, General Augusto Heleno e General Mourão, o primeiro está em seu primeiro mandato presidencial, o segundo foi presidente da Colômbia, o terceiro atualmente exerce mandato Presidencial e os brasileiros são: deputado federal e dois Generais da Reserva do Exército Brasileiro, destacando que Jair Messias Bolsonaro é o maior líder da Direita Brasileira na atualidade.
O que todos esses líderes descritos acima tem em comum? Patriotismo, um verdadeiro amor por seu país, seu povo, sua cultura e língua, suas origens e o mais importante: a Fé Cristã que é o fundamento de todo o Ocidente.
Não podemos esquecer, que todos esses políticos conservadores e Diretistas, são aliados de Israel, o primeiro povo cujo Deus fez Sua aliança, bem como defendem aquele legítimo e verdadeiro Estado Judeu.
Todos eles, promovem hoje a defesa e o levantamento das raízes ocidentais em seus países e continentes. Não medem esforços e não se intimidam para lutar contra a Guerra Globalista que está em curso, mesmo, os principais agentes e financiadores desta guerra sendo nacionais ou residentes de seus países.
Todos reconhecem que a ONU, juntamente com a União Européia, está trabalhando incessantemente para os três projetos globalistas: Ocidental, Russo-Chinês e Islâmico, ditarem todas as normais jurídicas, econômicas, socais, morais e religiosas, ao redor de todo o mundo.
Portanto, nomes ditos acima sobre a política européia, Latino e norte-americana, são a verdadeira última Legião Ocidental, para defender-nos do pior projeto de controle global em curso, ao longo da história.
Podemos denominá-los a ÚLTIMA LEGIÃO DO OCIDENTE ou os CRUZADOS CIVIS DO SÉCULO XXI. A escolha, fica a critério do leitor.

André Gobbo
Tesoureiro Nacional da ACONS e Diretor da Filial no ES

Comentar

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *